05/10/2016

RESGATANDO OS FILHOS

RESGATANDO OS FILHOS

Diariamente somos testemunhas de centenas de jovens que se perdem. Drogas, bebidas, más companhias, prostituição são apenas alguns dos males que rodeiam os jovens e os distancia cada vez mais de suas famílias e de Deus. O que fazer para conectar o jovem com sua família?

A cada dia crianças e jovens estão mais longe dos pais, longe do respeito e do carinho da família. Longe do propósito e da vontade de Deus. A família foi criada por Deus (Gn 2:24) e tem um papel fundamental na sociedade.

A família é a célula central de uma sociedade. Ela forma personalidade, transmite valores essenciais de convivência como a dignidade, a confiança mútua, o diálogo, a solidariedade, a obediência as autoridades.

Esses valores são muito importantes para a harmonia em uma sociedade, sabendo disso o diabo tenta inverter esses valores, distanciando os pais dos filhos gerando assim uma geração perdida e longe de Deus.

Hoje, o papel da família na sociedade está ofuscado, a necessidade se opõe ao investimento de tempo e de relacionamento dos pais com os filhos e isso distancia cada vez mais os filhos dos pais. E se os pais não imprimem os valores aos filhos o mundo imprime os seus próprios valores.

Crianças e jovens cada vez mais distantes do projeto perfeito de Deus, longe do criador e cada vez mais perto das drogas, da prostituição, dos vícios, mais perto da morte. O mundo faz questão de pegar na mão dessas crianças e ensinar coisas que vão trazer destruição a esses filhos.

A igreja não pode se calar diante desse cenário. Foi dado à igreja o poder para resgatar os filhos dessa geração. Como pais espirituais devemos também ensinar nossos discípulos a andar no caminho do Senhor. É necessário pegar na mão do seu discípulo e ensinar. Ensinar a dizer não ao mundo e dizer sim a vontade de Deus.

Por: Bispa Lúcia Rodovalho